Natal: se aventurando pelo Litoral Norte

FotorCreatedMinha loucura se deu em Maio de 2014. Eu e meu namorado resolvemos pegar um final de semana, do nada, para conhecer Natal e como era muito pouco tempo, nós tivemos que escolher entre o Litoral Sul ou Litoral Norte, pois na prática só teríamos sábado o dia todo para fazer o passeio,  uma vez que chegaríamos na sexta de madrugada e voltaríamos domingo depois do almoço.

Resolvemos começar com o Litoral Norte, pois ao pesquisar bastante, era essa parte que faríamos passeio de buggy, andaríamos nas suas dunas, ou seja, era o Litoral Norte que dava aquela carinha de que você realmente estava em Natal e que eu tanto queria, apesar de também querer muito conhecer a praia de Pipa, mas que fica no Litoral Sul (está agendada para uma próxima oportunidade!). Vamos de Litoral Norte, então?

HOSPEDAGEM: 

Ficamos hospedados no hotel Atol das Rocas e nossa estada lá foi muito boa. Fica pertinho da praia de Ponta Negra, que é a praia mais badalada de Natal, onde tem o Morro do Careca, um dos principais símbolos turísticos da cidade, onde há tempos atrás as pessoas se divertiam fazendo skibunda, porém na década de 90 fecharam a visitação para preservação da mata e da areia, que estava caindo e diminuindo.

Atol das Rocas é um hotel simples, mas bem aconchegante. Tem piscina, espaço para relaxar (massagem), café da manhã incluso e você pode contratar passeios diretamente com o hotel, caso queira. E além de tudo, o preço é justo. Recomendo!

PASSEIO DE BUGGY:

IMG_2450.JPG

Vamos ao que interessa, afinal o que eu queria mesmo era conhecer o Litoral Norte de Natal né? haha. Contratamos o passeio de buggy pela empresa Marazul Receptivo e antecipadamente fizemos toda reserva por e-mail e foi super tranquilo. Nós pagamos R$ 100 reais por pessoa, porém o buggy não era exclusivo, dividimos o passeio com mais um casal que conhecemos na hora. O legal dessa empresa é que você podia pagar com cartão de crédito e parcelar em até 03 vezes com pagamento feito na hora. OBS: Verifiquei no site e hoje o valor está R$ 130 por pessoa. 

O buggy busca a gente no hotel bem cedinho, pois o passeio tem duração de 07 horas. E o passeio já começa na saída do hotel, andando pelas ruas e pegando a estrada com aquele ventinho no rosto. Sério, é muito bom! Esse passeio foi bem mais completo do que o que fizemos em Sergipe nesse ano (contei para vocês aqui).

Roteiro do Passeio:

Saída do Hotel > Praia da Redinha (antiga vila de pescadores) > Santa Rita > Genipabu (visita a dunas e lagoas) > Barra do Rio (travessia da Balsa) > Graçandu > Pitangui (banho na lagoa, brincadeiras com caiaque e padalinho, opcionais) > Jacumã (praia cercada por arrecifes, onde pode se fazer a tirolesa e skibunda) > Muriú.

Os dois primeiros locais do roteiro a gente passa pela estrada de carro. Nossa primeira parada acontece em Genipabu, que é lindo. Lá o buggy para por um tempo para tirarmos fotos da vista e para quem quiser, podia andar com dromedários. Lá também tem uns “fotógrafos” que ficam tirando várias fotos suas engraçadas no local, em troca de uma gorjeta.

13

Terminada a sessão de fotos lá no alto, o bugueiro desce para que possamos chegar próximo da lagoa Genipabu, a mesma que conseguimos avisar lá de cima e é linda!

3

Próxima parada: Pegar a Balsa. A travessia é paga, na época pagamos R$ 15, e feita através do rio Ceará-Mirim que nos leva até as praias de Barra do Rio e Graçandu.

20140531_130540581_iOS

Das praias, logo chegamos então em Pintangui, onde paramos em uma barraquinha que vendia a caipifruta típica da região, em frente a uma piscina natural muito linda. Eu não quis experimentar a bebida, mas apreciei bem a paisagem.

20140531_144817427_iOS

De Pintangui fomos para as dunas douradas, que é muito legal, pois tivemos a chance de tirar fotos com camaleão, pagando uma gorjeta para o “moço”. De lá, andamos mais um pouco e paramos em um mirante lindo, com uma vista incrível.

rsasssss

Finalmente chegamos Jacumã. Lá que encontramos o skibunda e a Tirolesa. Dois passeios imperdíveis. Cada um custou por volta de R$ 5 reais na época, sendo cobrado por vez descida. Vale muito apena!

FotorCreated

O passeio de buggy termina em Muriu, uma praia em Ceará-Mirim, onde almoçamos no restaurante local indicado pela empresa e tivemos um tempo livre pela praia. Bom, para quem não come peixe, como eu, com certeza a carne lá não é a melhor opção. Achei bem sem graça e cara, mas era a única opção que tínhamos. Pelo menos a vista do almoço compensa bem! 🙂

assPara finalizar a viagem, acordamos cedinho no domingo e fomos até a praia de Ponta Negra, já que era em frente ao hotel, e passamos a manhã pegando sol. Chegou, inclusive, a chover um pouco, mas felizmente, passou rápido.

ass

Essa viagem foi bem curtinha, mas deu pra matar um pouco da minha vontade de conhecer Natal. Foi ainda mais especial, pois foi minha primeira vez no Nordeste (na verdade, já tinha ido para Nova Viçosa na Bahia, mas faz muito tempo e não me lembro bem, então, vamos de Natal, né? haha). Mas vale muito a pena. Lá tem inúmeras coisas para fazer. Uma semana lá tranquilamente não será entediante, mas para quem não tem esse tempo todo, aconselho pelo menos 03 dias.

Espero que vocês tenham gostado e se aventurado comigo. Com certeza ainda voltarei para falar do Litoral Sul dessa cidade tão linda!

Por: Vanessa Lucena

Facebook | Instagram | Twitter | Google+ 

Anúncios

4 comentários sobre “Natal: se aventurando pelo Litoral Norte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s